Quadrinhos: Jesus volta clonado, como um junkie rebelde e num reality show!

20140425-115100.jpg

Graphic novel traz o filho de Deus numa releitura implacável: satiriza religião, devoção à ciência e show business

*por Marcio Barcelos

O que poderia ser pior: mais um reality show de merda ou a volta de Jesus Cristo? Se você, assim como eu, não sabe responder essa pergunta e também não gostaria de ver nada disso acontecendo, pense de novo! É justamente essa combinação pecaminosa que monta o pano de fundo dessa graphic novel fodida!

Na trama dessa espetacular minissérie, uma geneticista famosa – visando a obtenção de alguns recursos oferecidos por uma produtora de TV -, aceita o desafio de clonar a maior personalidade pop da história da humanidade, o próprio Jesus Cristo. Através de uma amostra de DNA recolhida do Santo Sudário, a experiência é realizada com sucesso e uma jovem virgem é inseminada, dando luz ao mais novo messias e lançando, ao mesmo tempo, o maior reality show já visto.

Intitulado de J2, esse abominável Big Brother sacrossanto de imediato se torna um sucesso absoluto de audiência e passa a transmitir ininterruptamente – para mais de 3 bilhões de fiéis expectadores – “a segunda vinda” de Cristo, desta vez batizado de Chris, uma criança simples e ingênua, que durante seus 14 anos de estrelato é mantida praticamente em cárcere privado, presa em uma ilha particular, refém do circo de horrores que é o show business. Após muitas reviravoltas, Chris (o novo Cristo), com seu ódio já bem alimentado pelo espírito do rock’n’roll, resolve rebelar-se contra seus “criadores” e foge, tornando-se um punk revolucionário que destila ódio entre os dentes e está pronto para pregar novas palavras para essa porra de mundo fodido.

20140425-115145.jpg

Nesse bizarro sci-fi religioso, magistralmente escrito e desenhado pelo irlandês Sean Murphy, nós acompanhamos a trajetória das relações de Gwen, a jovem virgem escolhida para dar a luz ao filho do todo poderoso, de Chris e, do seu guarda-costas Thomas – um católico irlandês casca grossíssima, ex-membro do IRA, que resolve proteger o novo Jesus em busca da absolvição dos seus incontáveis pecados cometidos – tudo isso enquanto lidam com as adorações e protestos dos fanáticos religiosos, das comunidades científicas e dos políticos com o cu nas mãos ao redor de todo o mundo.

Mais uma puta obra-prima da nona arte. Último trabalho sob a batuta de Karen Berger, a genial editora da DC/Vertigo. Uma crítica ao status-quo, a igreja, a sociedade e a indústria do entretenimento, que cada vez mais tem nos mantidos cegos e afastados dos verdadeiros milagres dessa vida.

 


Nome: Punk Rock Jesus
Roteiro e Arte: Sean Murphy
Ano de publicação: 2012/2013
Selo: DC/Vertigo

*Márcio Barcellos é redator publicitário e gordinho, mas se alimenta mais de cinema, música e HQ’s do que de comida.

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s