Fim do programa Se liga Bocão da SBT não é a solução para mídia sensacionalista

seligabocao

Movimento social vê saída como mais um passo para o fim do sensacionalismo na TV, mas pesquisadora alerta que o problema é mais congênito

*por Diogo Oliveira

A Rede Record Bahia, anunciou que o programa Se liga Bocão, dirigido por José Eduardo, acabado nos próximos meses. O Mídia Periférica se pronunciou desta forma: “a nossa militância sempre foi para ver outro tipo de conteúdo na televisão, que não marginalizasse e destruísse ainda mais a imagem dos cidadãos negros das periferias, foi sempre ver programas como Se Liga Bocão fora do ar, e saber que foi por rejeição de audiência, mostra o quanto a população está percebendo que estes programas, não informam nada, somente usam imagens de pessoas vulneráveis para vender informação e distorcer fatos.

Segundo alguns sites, o programa deve sair do ar nos próximos meses, depois de alcançar grande nível de rejeição, com qualidade péssima de jornalismo, a direção da TV Itapoan, decidiu cortar o programa da sua grade. Zé Eduardo, agora passará a apresentar o Balanço Geral.

As mães vitimadas pela violência, em que perdem parte de seus filhos para o crime, ou se não para a morte, não precisarão ser mais expostas nas frentes das telas, como mero produto de venda de imagem, os garotos negros, não serão obrigados a ter que ser ridicularizados perante aos “falsos Jornalistas” que ficam de chacotas nas portas das delegacias, enfim, vamos caminhar pois a luta é ainda maior do que pensamos”.

José Eduardo, o Bocão, afirmou em entrevista, nesta segunda (11), que “Acho que precisamos mudar. Mas, a pegada será a mesma”. De acordo com as informações da emissora, o apresentador do Se liga Bocão comandará o programa Balanço Geral.

Balanço Geral e Se liga Bocão

Mirella Carvalho, formou-se em 2009, na Pós-Graduação de Comunicação (Pós-Com), da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e analisou os programas Se Liga Bocão, Que venha o povo e Balanço Geral. Nessa interpretação, ela afirma “o Se Liga Bocão estabelece com a audiência um pacto de estar preparado para reclamar junto às autoridades ações em prol da população. Porém, o posicionamento do programa quando este passa a ser veiculado na TV Itapoan, atribui este poder mais ao apresentador José Eduardo do que às autoridades competentes”.

Para ela “Já no Balanço Geral , o apresentador Raimundo Varela se posiciona como aquele que entende os problemas vividos pela população e declara não fazer mais por seu público por não ter nas mãos o poder para regular a máquina administrativa da prefeitura e, com isso, fazer as pessoas trabalharem corretamente”.

A pesquisadora ainda afirma que o perfil do mediador televisivo é fundamental e ao analisar o caso, Mirella afirma que o texto verbal do apresentador José Eduardo é usado como uma estratégia de posicioná-lo como alguém superior, com competência e autoridade para dizer o que é certo e errado, capaz de solucionar (ele mesmo) os problemas vividos pela sociedade. A partir de um discurso maniqueísta, José Eduardo assume um papel mais combativo, de enfrentamento das autoridades, além de posicionar-se como alguém que, acima de tudo, tem uma relação com Deus e que foi, por ele, escolhido para intervir pelo povo. O endereçamento que o programa constrói é a de que o apresentador José Eduardo tem o poder de solucionar os problemas do povo e atender à população naquilo que as autoridades competentes não o fazem.

*Diogo Oliveira é jornalista

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s