A cabeça de João, Luiza e Adolfo.

captura-de-tela-2013-11-03-acc80s-01-31-29Três personagens para se pensar o Brasil em mais um 20 de novembro.

*por André Baiano

João nasceu em Palmares.

A mãe de João, Clementina, trabalhava como empregada doméstica, mas sempre na solidão do seu quarto confessava a si mesma que queria uma profissão na qual fosse mais valorizada.

João não sabia os sonhos do pai. O perdeu ainda quando era criança, quando Luiz foi confundido com alguém muito “parecido” com ele pela polícia.

A escola era um inferno para João: Era sempre alvo de piadas, seja pelo seu cabelo, nariz ou pelo fato de existir.

Para a professora de João tudo isso não passava de traquinagens da turma do fundão composta por Silas, Marcos e Jair.

João, às vezes, reagia e ia direto para a diretoria.

A diretora achava João um tanto quanto problemático.

João, como qualquer garoto, gostavar de passear.

As pessoas avistavam João e apertavam suas bolsas, fechava os vidros dos seus carros e disfarçadamente outras atravessavam a rua.

Era dificil para João conseguir alguma informação. Não poucas vezes as pessoas se assustavam quando ele chegava mais perto.

João entrava no Shopping e logo era vigiado por seguranças. Ele percebendo ou não.

João, na verdade, era odiado pelo Shopping todo.

João já foi abordado inumeras vezes pela policia. Um dia foi questionar e sofreu com um tapa de um policial muito parecido com ele.

Um dia João conheceu Luiza.

E desabafou… E Luiza disse que também tinha os seus grilos.

Disse que gostava de programas infantis, mas que nunca se viu lá. Seja na plateia, nos desenhos, como assistente, apresentadora…

Luiza tinha o couro cabeludo queimado, faltava o seu cabelo, muitas vezes chamado de ruim, na parte da frente. Fruto dos diversos produtos quimicos, sucessivos alisamentos usando pente de ferro quente que usou para ter um cabelo que fosse aceito pelas amigas. Achava estranho, por exemplo, não ver o seu cabelo na TV em um comercial de Shampoo.

Sair na rua era um tormento para ela. Constantemente assediada sempre teve a sua figura ligada ao sexo. Até conhecer João, nunca tivera um relacionamento sério.
Era a ultima a ser escolhida na festa junina da escola. Em compensação, era a primeira no raking das “mais feias” da turma.

João e Luiza perderam as contas dos amigos que partiram por serem iguais a eles.

Ambos tinham como amigo o Adolfo.

Adolfo nunca teve grandes problemas na vida. Cor não era problema para ele, a não ser na hora de escolher qual roupa usar. Inclusive se orgulhava em dizer que dava seus brinquedos velhos para os filhos de Clementina. Achava essas discussões raciais tudo “viagem da cabeça” de João e Luiza.

Mas ao mesmo tempo se incomodava com o fato de João e Luiza estarem cursando a faculdade que ele julga ser dele, afinal, Adolfo teve mérito para passar no vestibular, se preparou em uma boa escola e se deu ao luxo de ter aulas de inglês aos 7 anos de idade. O dinheiro da xerox nunca faltava, Transporte para ir nas aulas? As opções eram muitas desde o carro que ganhou do pai com 18 anos até  mesmo a sua bike descolada.

Para Adolfo, aqui no Brasil não se tem disso. Deus ajuda quem cedo madruga e o sol nasceu para todos.

Na cabeça dele vivemos em um país onde brancos e negros vivem cordialmente. Olha como a mãe dele trata Clementina? Ela é quase da família.

Casa Grande & Senzala foi por muito tempo o seu livro de cabeceira.

A cabeça de Adolfo vai ter que mudar e as cabeças de João, Luiza e sua turma tem um papel fundamental nessa tarefa.

 

*André Baiano é educador, dj nas horas vagas e fica puto quando tem que advinhar o “x” quando ver os jogos do Vitória na internet.

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s