CasAmor sediará primeiro bazar cultural

Evento contará com intervenções artísticas na própria residência e possui o valor simbólico de R$ 10. Todo valor arrecadado será destinado à estruturação da casa

*por Luciana Nascimento

Abrir portas não é a única missão da CasAmor em Aracaju. No entanto, compartilhar bons sentimentos com certeza será uma delas. E mais que isso: abraços amigos, alimentação e uma cama quentinha para quem necessita também.

No Brasil, uma parte das pessoas em situação de rua são LGBTs e em Sergipe, a história não é diferente. Com o intuito de mudar esse contexto na sociedade sergipana e transformar uma simples residência, localizada na Rua I, Nº 214, Bairro Inácio Barbosa, em uma entidade sem fins lucrativos, que objetiva acolher a população LGBT em situação de vulnerabilidade social, a CasAmor formaliza sua primeira ação com o intuito de arrecadar fundos e dar projeção maiores ao lar.

Linda Brasil, militante LGBT, professora de Letras e exemplo brasileiro na luta contra a Transfobia comenta que, após várias reuniões, a ideia não só saiu do papel, como já está em andamento e aguarda a sua ajuda para ser estruturada e sendo, lentamente, mobilhada.

Finalidades 

“Para arrecadar fundos, estamos recebendo doações para fazer um bazar beneficente. Além disso, teremos várias atrações e todo mundo poderá participar e se juntar a nós nessa pequena festa, pagando apenas R$ 10. Todo esse valor será usado para a sede, que, aos poucos, tem ganhado os móveis. Contudo, ainda vamos precisar de outras coisas para poder abrigar as pessoas que passarão pela casa de acolhimento”, explica a idealizadora da CasaAmor.

O evento está marcado para o dia 11 de novembro e acontecerá da seguinte maneira: o público poderá ter acesso a atrações musicais, performances de dança, poesias, grafitagem, além de poder ter comprar material bom e barato, pois o espaço será utilizado para a venda de roupas, acessórios em geral, livros e muito mais por preços de baixo custo.

Entre as atrações artísticas, estão confirmadas as apresentações de Vinícius Oliveira, Nelson Santos Cia da Dança, Blenda Santos, Malu Andrade , Meados de Maio, Vinny Pereira, Zéq’ Oliver, Heitor Mendonça, Samba de Salto, Jaque Barroso e a grafitagem fica por conta de Chagas e Fábio Shinobe.

Essas e outras informações sobre as doações à Casa, você pode encontrar nas redes sociais da CasAmor no Facebook e no Instagram, cujo o username é @casamorlgbt. Todo material é bem-vindo, mas sua presença será mais que especial. Venha e nos ajude a construir o Projeto CasAmor.

*Luciana Nascimento é jornalista e colabora com a assessoria de comunicação da CasAmor

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s